Erros do passado prejudicam Hospital São João

Erros do passado prejudicam Hospital São João

No final da manhã desta sexta-feira, dia 06 de outubro, um anúncio assustou a população de São João Nepomuceno e região. O Secretário de Saúde de São João Nepomuceno, em contato com a Equipe de Jornalismo da Rádio Difusora, trouxe a notícia de que as contas bancárias do Hospital São João foram bloqueadas temporariamente em razão de uma ordem judicial originada de um processo instaurado devido a um erro cometido em gestões passadas.

Em esclarecimento, o Secretário explicou que a compra de um mamógrafo havia sido liberado há mais de 14 anos para o HSJ, porém, com a verba em mãos, o dinheiro foi usado para outros propósitos resultando em um processo judicial. Mesmo após o pedido de devolução da verba, o dinheiro não foi ressarcido aos cofres públicos.

O processo, que já está em fase de execução, acabou por bloquear as contas bancárias da entidade. O fato do bloqueio só foi notado quando o Secretário de Saúde estava para realizar um repasse da Prefeitura Municipal de São João Nepomuceno para o Hospital.

Durante a tarde, a imprensa local foi chamada para o pronunciamento oficial do Provedor Rogério Vilela e do Tesoureiro Eduardo Abreu sobre o fato. Segundo as informações divulgadas durante o pronunciamento, o setor jurídico do Hospital já estava na cidade de Juiz de Fora, buscando uma solução para o problema. Acompanhe a entrevista completa.

Difusora
Informação com responsabilidade

Israel Malthik

Nasceu em São João Nepomuceno. É Técnico em Administração e Fotografia Artística. Foi fotógrafo da APCEF (Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal). Premiado por diversos clubes e grupos fotográficos. Atualmente é fotojornalista da Rádio Difusora de São João Nepomuceno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *